Pular para a busca Pular para os artigos
Preencha seus dados ao lado para assistir ao vídeo

Baixe nosso livro digital GRATUITO com mais de 400 páginas

JOGO ALFA REVELADO - A Bíblia Brasileira da Sedução

Insira seu email abaixo e tenha acesso a esse livro exclusivo

Suas informações estão 100% seguras conosco e nunca serão compartilhadas.

0 Flares 0 Flares ×

 

Se tem um filma que ilustra a paixão humana e a depressão e o completo esgoto que um pode se tornar devido ao fim de um relacionamento amoroso ou platônico esse filme é 500 dias com ela – 500 days of Summer . 500 days of summer é totalmente o oposto de comédias românticas aonde os personagens vivem em um mundo de devaneio e fantasia, ao contrário, o filme mostra a face nua e crua dos relacionamentos a essência do sofrimento nesse departamento.

Sofremos porque não temos uma pessoa ao nosso lado, depois sofremos porque tememos perder essa pessoa e no final sofremos porque temos mas não queremos mais ter . O filme é um soco na cara dos idealizadores e pessoas que vivem em mundo cercado de pôneis, arco iris cor de corsa e duendes azuis.
O filme nos conta história de Tom Hansen, um arquiteto que trabalha como escritor em uma empresa de fazer cartões de datas comemorativas, Tom vive sua vida medíocre ordinária acreditando que um dia tudo irá encontrar quando encontrar a mulher especial que vai mudar a sua vida, um dia a sua auto-profecia acontece e ele encontra Summer Finn, uma mulher que começa a trabalhar na sua empresa e que o arrebata e faz o seu senso de realidade surtar , em suma, Tom se apaixona e o resto eu não vou te contar porque eu odeio spoilers (aquele ser que conta o final dos filmes) malditos que contam o final dos filmes . O filme inteiro se foca na narrativa de um relacionamento tradicional, da dor de uma separação e do maior inimigo de todo ser humano, seu próprio ego. A parte mais marcante do filme é quando Tom foi chamado em uma festa por Summer, nesse momento nós compreendemos a parte mais clássica do sofrimento humano nos relacionamentos, a projeção e nosssas mentes inventados cenas e devaneios lúcidos que nos impedem de ter uma visão objetiva e clara da realidade , 500 days of Summer é um filme obrigatório para todo sedutor porque mostra o homem sofrimento pela ausência de algo que foi somente criado pela sua mente e pela incapacidade de uma segunda pessoa de saber o que quer para a sua vida como a da garota Summer, é um prato cheio para fans da psicologia feminina e humana e eu recomendo este filme dando um verdadeiro 11 para ele .
Grande abraço a todos e que o jogo alfa esteja com vocês ,
Seu grande amigo,
Eduardo Moltisanti
0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×